Reitoria da UFPE. Av. Prof. Moraes Rego, 1235 - Cidade Universitária, Recife/PE CEP 50670-901
rpf@ufpe.br

Tag: fiocruz

A terceira dose da vacina

O Ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, anunciou que a terceira dose da vacina contra a Covid-19 será aplicada em idosos e imunossuprimidos a partir do dia 15 de setembro. Ao mesmo tempo, o avanço da variante delta é preocupante porque, de acordo com os dados do Consórcio de Veículos da Imprensa, quase 70% dos brasileiros tomaram a primeira dose, mas apenas 30% da população está completamente imunizada depois de 7 meses de vacinação. O Saúde é o Tema desta quinta-feira discute a importância da terceira dose da vacina com a doutora em neurociências Mellanie Fontes-Dutra, idealizadora e coordenadora da Rede Análise COVID-19; e com Rafael Dhalia , Pesquisador da Fiocruz Pernambuco e Membro da Academia Pernambucana de Ciências.

Por que o Brasil ainda não venceu a covid-19?

Em meio à pandemia, o Brasil enfrenta diversos obstáculos. A gestão federal é falha, não existe um plano sério de combate à Covid-19, medidas de seguranças levaram séculos a serem parcialmente respeitadas e tudo isso gera ondas de contágio e regressão no combate à doença.

O Saúde é o Tema recebeu Lindomar Pena, virologista e pesquisador da Fiocruz-PE, e Marcelo Paiva, professor de genética do CAA/UFPE e pesquisador colaborador da Fiocruz-PE são encarregados de nortear e responder a pergunta: Por que o Brasil ainda não venceu a covid-19?

Vacinas e Covid-19

Até agora, o Brasil só vacinou 47 milhões de pessoas contra a Covid-19 com pelo menos uma dose. Isso equivale a 22,5% da população brasileira, segundo dados do Consórcio de imprensa. A vacinação caminha a passos lentos, ainda há muitos mitos e desinformação. Qual é a importância da vacinação em massa? Qual é a eficácia das vacinas?

Para falar explicar o assunto, o Saúde é o Tema conta com a presença do pesquisador da Fiocruz e Membro da Academia Pernambucana de Ciências, Rafael Dhalia, e com a médica e coordenadora da Pós-graduação em Medicina Tropical da UFPE, Heloísa Ramos.

Jovens e a Covid

O avanço da segunda onda da pandemia de Covid-19 poderia ter sido evitado se houvesse uma ação efetiva do governo para controlar o cenário no país.

Além disso, os resultados dos meses de flexibilização da quarentena começaram a trazer consequências negativas e um dos grandes fatores que contribuíram para esse momento foram as aglomerações promovidas por parte da população.

Para falar sobre os impactos dessas ações e quais as possíveis formas de reverter esse cenário, o Saúde é o Tema conta com a presença de Rafael Da Silveira Moreira, epidemiologista, pesquisador da Fiocruz-PE e professor da Faculdade de Medicina da UFPE; e Roberta Albert, psicóloga especializada em terapia cognitivo comportamental.

Pandemia e novas variantes

Sem esforços significativos no combate à Covid-19, existe a possibilidade de que o vírus se adapte e mutações que potencializam a doença ocorram. Tanto na Europa quanto no Brasil, já foram detectadas novas cepas do vírus, mediante a falta de comprometimento dos governos e da população em combater o avanço da pandemia.

No intuito de entender um pouco melhor essas alterações, o Saúde é o Tema dessa semana traz convidados que podem esclarecer as dúvidas e trazer informações acerca das mudanças que ocorrem e qual o papel da sociedade nesse cenário.

Participam do programa Miguel Nicolelis, médico pela USP, pesquisador do Instituto Internacional de Neurociência Edmond Lily Safra (IIN-ELS) e com experiência na área de fisiologia com ênfase em neurofisiologia; e Constância Ayres, vice-diretora de pesquisa na Fiocruz-PE.

Medidas de proteção

O Saúde é o Tema desta semana traz dois convidados super bem preparados para falar sobre as questões de prevenção, cuidados e medidas de proteção para essa nova onda grave que estamos passando.

Participam da conversa Marcelo Paiva, professor de Genética da UFPE (CAA/NCV) e pesquisador Colaborador da FIOCRUZ-PE, e Bernadete Perez, médica sanitarista, professora da saúde coletiva do CCM – UFPE e vice-presidente da Abrasco.

A Covid-19 em números

Desde o início da pandemia, entramos em contato com uma série de conceitos usados para avaliar a situação da crise sanitária. Taxa de letalidade, de contágio, curva epidemiológica, média móvel, porcentagem para atingir imunidade de rebanho são apenas alguns. De que forma tantos cálculos têm a ver com a saúde e como explicam a atual …

Balanço da pandemia: o que sabemos sobre o vírus

Seis meses após a Organização Mundial de Saúde (OMS) declarar pandemia, diversos estudos sobre novo Coronavírus estão em curso. Apesar dos esforços de pesquisadores e entidades sanitárias, ainda temos um grande número de óbitos e contaminados por dia. Apesar disso, temos notícias de que os leitos de UTI e enfermaria estão sendo fechados, o comércio reaberto e há uma grande pressão de grupos educacionais privados para a retomada de aulas presenciais para estudantes dos ensinos médio e superior. Tudo isso, sem vacina ou um remédio eficaz para o tratamento da Covid-19.

Para falar sobre este assunto, o Saúde é o Tema convidou Mariana Guenther, bióloga, mestre em Ecologia e doutora em Oceanografia. Professora do Instituto de Ciências Biológicas da UPE e Marcelo Paiva, pesquisador colaborador da Fiocruz Pernambuco e professor da UFPE.

Eu fiscalizo: Balanço das denúncias

Eu Fiscalizo: Balanço das denúncias

A pesquisadora e pós-doutoranda da Fiocruz, Cláudia Galhardi, faz um balanço das principais fakes news que circulam na plataformas digitais em meio à pandemia, denunciadas através do aplicativo Eu Fiscalizo desenvolvido pela Fiocruz. Ela também faz um alerta sobre uma das redes sociais que mais veiculam notícias falsas, o WhatsApp.

Coronavírus em Xeque #5 – A ciência sob ataque da desinformação

Os ataques à ciência e as mensagens pseudocientíficas são o foco deste podcast.