FILMAR AS ELITES

 

I SEMINÁRIO DE ANTROPOLOGIA DAS ELITES.

 

 

FILMAR AS ELITES

 

4 de outubro de 2019, Auditório Iracema Lima Pires Ferreira – CE/UFPE (9h30 – 21h)

 
Organização: Laboratório de Antropologia Visual (LAV), Laboratório de Estudos Avançados de Cultura Contemporânea (LEC), Programa de Pós-Graduação em Antropologia (PPGA). 
O seminário “Filmar as Elites” visa explorar o complexo campo das produções audiovisuais que se relacionam as elites. Como a literatura antropológica mostra, o termo elites não é absoluto mas evidentemente relacional e visa identificar as múltiplas desigualdades entre grupos sociais diferentes. O posicionamento do pesquisador/a-cineasta, neste sentido, irá necessariamente influenciar a definição do grupo que é caracterizado como uma “elite”. O seminário irá juntar antropólogos/as que trabalham com meios visuais sobre o temas elites e cineastas que realizaram relevantes obras sobre grupos que detém algum tipo de poder, evidenciando a relevância desta produção e os desafios que comporta. O objetivo é confrontar metodologias, linguagem e dispositivos adotados e compartilhar as inquietações que comporta esta exploração, que se torna, na contemporaneidade, mais e mais necessária e urgente.
 

PROGRAMAÇÃO

Mesa 1. Por uma Antropologia das Elites

Auditório Iracema Lima Pires Ferreira – CE/UFPE (9h30 – 12h30)

Antonio Motta (Universidade Federal de Pernambuco) – Do alto, de Baixo e dos Lados: uma Agenda de Pesquisa para a Antropologia das Elites no Brasil

José Ribeiro (Universidade Aberta de Lisboa) – Olhares Periféricos e Experiências

Diversas nos Filmes Sobre as Elites

Carmen Rial (Universidade Federal de Santa Catarina) – Valores da Elite – ou Como

Pesquisar o “Outro Abjeto”

Debatedor: Alex Vailati (Universidade Federal de Pernambuco)

Mesa 2. Filmar as Elites

Auditório Iracema Lima Pires Ferreira – CE/UFPE (14h00hs – 17h00)

Gabriela Zamorano (El Colegio de Michoacán) – Videoclips de “Prestes”:  Nuevas Formas de Ostentación Entre Élites Emergentes en La Paz, Bolivia

Dea Ferraz (Universidade Federal de Pernambuco) – Câmara de espelhos: cartografia de um processo

Alex Vailati (Universidade Federal de Pernambuco) – A pedido, Uma etnografia da produção filme de casamento para as elites do Recife

Marcelo Pedroso (Universidade Federal de Pernambuco) – Infiltração ou pactuação? Os limites éticos de se filmar o adversário

Debatedores: Carmen Rial (Universidade Federal de Santa Catarina) e Walter Andrade (Universidade Federal de Pernambuco)

ENCERRAMENTO

Sessão especial em parceria com o Festival Internacional do Filme Etnográfico do Recife (FIFER)

Auditório Iracema Lima Pires Ferreira – CE/UFPE (19h00hs – 21h30)

Exibição de filmes e debate com direitorxs

O Grande Clube (2016) – Joelton Ivson, duração: 8 minutos

Câmara Escura (2012) – Marcelo Pedroso, duração: 25 minutos

Câmara de Espelhos (2016) – Dea Ferraz, duração: 76 minutos

Debatedores:

Renato Athias (Universidade Federal de Pernambuco/FIFER)

Walter Andrade (Universidade Federal de Pernambuco)

Serviço

Dia: 04 de outubro a partir das 9h30, 14h e 19h.

Local: Centro de Educação (CE) da UFPE

Cartaz em PDF